12 julho 2009

Sobre morder a mão

Morder a mão é um gesto que compreende algo um pouco além do simples ato de colocar a a mão na boca e apertar os dentes contra ela. No momento exato de morder a mão, as atividades metabólicas do corpo se confundem, é alguma coisa na barriga, que mixa diversos sentimentos e gera uma inexplicável sensação que às vezes parece fria, às vezes quente. E há uma certa dormência nas pernas e nos braços, uma coisa estranha na garganta e um formigamento no maxilar.

É um quadro clínico complicado, não existe profilaxia certa e a única forma de tratamento é fincar os dentes fortemente na mão fechada, até deixar marcas.

3 comentários:

mariana! disse...

hahaha que bonito!
me ocorreu de mandar isto para o inventor do ato de morder a mão (talvez do ato, não do sentido) e como ele se surpreenderia (e talvez não entenderia).

é assim, por exemplo, que as descobertas de Einstein tornaram-se úteis para a ciração da bomba atômica. neste caso, o sentido é ao contrário. a bomba atômica reverteu ao sentido da poesia, em sua (e talvez nossa) concepção.

beijo, cá.

ester disse...

simplesmente lindo aigo carambola.

Pati :) disse...

todas minhas brinks tem um fundo de verdade e elas me fazem morder a mão muito forte.